antipsicoticos

buscar

resultado

informação buscada: antipsicóticos
total de (203) resultados
  • Princípios e Práticas em Psicofarmacoterapia - 1ª. Ed. - Capítulo 05 - Tratamento com Antipsicóticos - Philip G. Janicak, MD ; John M. Davis, MD ; Sheldon H. Preskorn, MD ; Frank J. Ayd, Jr., MD

    História Como em outras áreas da ciência clínica, tanto o acaso quanto a investigação científica cuidadosa contribuíram para nosso conhecimento a respeito dos antipsicóticos, incluindo sua: • Descoberta • Mecanismos de ação em potencial • Gama de complicações. A eficácia da clorpromazina (CPZ) ficou conhecida, em parte, acidentalmente, quando ela foi inicialmente sintetizada como um anti-histamínico e escolhida

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Princípios e Práticas em Psicofarmacoterapia - 1ª. Ed. - Capítulo 10 - Tratamento com Estabilizadores do Humor/Antimaníacos - Philip G. Janicak, MD ; John M. Davis, MD ; Sheldon H. Preskorn, MD ; Frank J. Ayd, Jr., MD

    Histórico O lítio tem sido utilizado como um agente médico, desde meados do século XIX, para uma variedade de transtornos, como gota, diabetes e reumatismo. Com os relatos pioneiros de Cade e Schou, quase um século mais tarde, ele surgiu como padrão para o tratamento dos distúrbios bipolares.1,2 John Cade, um médico australiano, casualmente descobriu essas propriedades antimaníacas do agente, quando injetou urato de lítio em cobaias. Tomando erroneamente

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Não há evidências de diferenças na eficácia de antipsicóticos típicos e atípicos

    09 de julho de 2010 (Bibliomed). Há um debate em curso sobre o uso de antipsicóticos atípicos como tratamento de primeira linha para o primeiro episódio de psicose. Um estudo publicado na BJPsych examinou a base de evidências para essa recomendação. Quinze ensaios randomizados e controlados com um total de 2.522 participantes foram analisados. Não houve diferença significativa entre as drogas atípicas e típicas nas taxas de abandono (OR = 0,7, IC 95% 0,4 a 1,2) ou efeito sobre os sintomas

    Clipping / Publicado em 9 de julho de 2010
  • Exposição a antipsicóticos eleva risco de AVC

    24 de setembro de 2008 (Bibliomed). Um estudo publicado no periódico BMJ investigou a associação entre o uso de medicamentos antipsicóticos típicos e atípicos e a incidência de acidente vascular cerebral (AVC), em indivíduos com e sem demência.. A pesquisa foi realizada na London School of Hygiene and Tropical Medicine, em Londres, Reino Unido. Na pesquisa, realizou-se avaliação de registros médicos de 6.790 pacientes, com história de AVC e pelo menos uma prescrição de antipsicóticos.. Observou-se

    Notícias / Publicado em 24 de setembro de 2008
  • Uso de antipsicóticos em jovens e risco de diabetes mellitus tipo 2

    11 de abril de 2016 (Bibliomed). Os medicamentos antipsicóticos são usados ​​cada vez mais na juventude para indicações não-psicóticas e fora da bula, mas os efeitos cardiometabólicos adversos e (especialmente) o risco de diabetes mellitus tipo 2 (DM2) causam uma preocupação adicional. Um novo estudo procurou avaliar o risco de DM2 associado ao tratamento antipsicótico na juventude. No estudo, fontes levantado os dados de pesquisa sistemática da literatura no PubMed e PsycINFO,

    Clipping / Publicado em 11 de abril de 2016
  • Antipsicóticos atípicos x convencionais, quais são os riscos para os idosos?

    05 de Dezembro de 2005. Recentemente, o FDA (Food and Drug Administration) emitiu uma advertência indicando que os medicamentos antipsicóticos atípicos aumentam a mortalidade entre pacientes idosos. Entretanto, o aviso não se aplicou aos antipsicóticos convencionais, pois o risco de morte com estes agentes mais antigos não seria bem conhecido. Estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Harvard e publicado na última edição do The New England Journal of Medicine concluiu que

    Clipping / Publicado em 5 de dezembro de 2005
  • Risco cardiometabólico dos antipsicóticos de 2ª geração durante a primeira utilização por crianças e adolescentes

    30 de dezembro de 2009 (Bibliomed). Os efeitos cardiometabólicos dos antipsicóticos de 2ª geração são preocupantes, porém não têm sido suficientemente estudados entre pacientes pediátricos e adolescentes sem uso prévio desse tipo de medicação. Pesquisadores de Nova Iorque avaliaram a associação entre o uso de antipsicóticos de 2ª geração e os parâmetros metabólicos nos pacientes sem exposição prévia participantes do estudo Second-Generation Antipsychotic Treatment Indications, Effectiveness

    Clipping / Publicado em 30 de dezembro de 2009
  • Princípios e Práticas em Psicofarmacoterapia - 1ª. Ed. - Capítulo 14 - Avaliação e Tratamento de Populações Especiais - Philip G. Janicak, MD ; John M. Davis, MD ; Sheldon H. Preskorn, MD ; Frank J. Ayd, Jr., MD

    Este capítulo visa a esclarecer e a realçar a avaliação clínica e as formas de tratamento farmacológico criadas para pacientes cujos sintomas ocorrem no contexto de circunstâncias especiais. Dessa maneira, este último capítulo irá cobrir dois tópicos maiores: • Diagnóstico especial e questões do tratamento criadas durante o ciclo de vida • Condições médicas que complicam a avaliação psiquiátrica e o tratamento farmacológico.

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • O uso de antipsicóticos atípicos nas demências declinou com velocidade após uma advertência do FDA

    25 de fevereiro de 2011 (Bibliomed).  O uso de antipsicóticos atípicos para os sintomas neuropsiquiátricos das demências aumentou significativamente na década de 1990. Preocupações sobre a sua utilização começaram a surgir em 2002, e em 2005, o Food and Drug Administration dos EUA advertiu que o uso de antipsicóticos atípicos nas demências foi associado com aumento da mortalidade. . Pesquisadores da Universidade de Michigan analisaram as mudanças no uso de antipsicóticos convencionais e atípicos

    Notícias / Publicado em 25 de fevereiro de 2011
  • Antipsicóticos durante a gravidez aumentam o risco de diabetes gestacional

    26 de julho de 2012 (Bibliomed). O conhecimento sobre os efeitos da exposição aos novos antipsicóticos durante a gravidez é limitado. Um estudo de coorte de base populacional sueca investigou os efeitos do uso materno de antipsicóticos durante a gravidez sobre diabetes gestacional e crescimento fetal. . Foram incluídas todas as parturientes a partir de 01 de julho de 2005 até 31 de dezembro de 2009, agrupadas por prescrições preenchidas para (1) olanzapina e/ou clozapina (n = 169), (2)

    Notícias / Publicado em 23 de julho de 2012
< anterior de 21 próxima >
© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa