A adição de apixaban à terapia antiplaquetária em pacientes de alto risco depois de uma síndrome coronária aumenta o risco de sangramento
09 de setembro de 2011
Equipe Editorial Bibliomed

09 de setembro de 2011 (Bibliomed). O apixaban, um inibidor direto fator Xa oral, pode reduzir o risco de eventos isquêmicos recorrentes quando adicionado à terapia antiplaquetária após uma síndrome coronária aguda. Foi realizado um estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, que comparou o apixaban, na dose de 5 mg duas vezes ao dia, com o placebo, além da terapia antiplaquetária padrão, em pacientes com síndrome coronariana aguda recente e pelo menos dois fatores de risco adicionais para eventos isquêmicos recorrentes.

...

Palavras chave: eventos, apixaban, risco, pacientes, placebo, 100 pacientes-ano, terapia antiplaquetária, eventos 100 pacientes-ano, antiplaquetária, eventos isquêmicos, eventos 100, isquêmicos, dose, síndrome, 100, pacientes-ano, terapia, aguda, recorrentes, ,

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?