Cirurgia de Revascularização Coronária: o estado da arte


Equipe Editorial Bibliomed

Autor: Dr. José Monteiro. . Neste Artigo:. . - Introdução. - CRCMI X CRC Clássica. - Comparando Resultados. - Veja Outros Artigos Relacionados ao Tema. . A cirurgia de revascularização coronária (CRC) é uma das intervenções cirúrgica mais realizadas e mais bem estudadas. Desde 1962, data em que pela primeira foi relatada a utilização de um implante de veia safena para revascularização coronária num doente com oclusão total da artéria coronária direita, a CRC sofreu vários aperfeiçoamentos até chegar ao padrão de técnica cirúrgica que hoje se utiliza em todo o mundo.. . Introdução. . A incidência de complicações no pós-operatório da CRC assim como o seu sucesso em termos de sobrevivência e de morbidade a curto, médio e longo prazo estão bem estudadas. Com base nestes resultados foram clarificadas as indicações para CRC através de ensaios clínicos que compararam a CRC com outras modalidades de terapêutica da doença coronária, nomeadamente a terapêutica médica e a intervenção coronária percutânea.. . Porém, é conhecido que o transplante de veia safena apresenta uma prevalência de oclusão de 25% a 30% aos 5 anos e de até 50% aos 10 anos o que limita os resultados da CRC.Em ...

Palavras chave: crc, complicações, revascularização, resultados, coronária, é, taxa, crcmi, anos, terapêutica, circulação, artéria, técnica, incidência complicações, x crc, longo prazo, veia safena, condutos, safena, complicações pós-operatórias crcmi,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



Assinantes


Esqueceu a senha?