Papel do Uso da Artéria Radial na Revascularização Cirúrgica do Miocárdio


Equipe Editorial Bibliomed

Autor: Marco Tulio Baccarini Pires. . Neste Artigo:. . - Introdução. - Dilatação Mediada pelo Fluxo. - Taxas de oclusão após tempo médio de 27 meses. - Resultados após 5 anos. - Referências Bibliográficas. - Veja Mais Artigos Relacionados ao Tema. . “A artéria radial foi proposta inicialmente para ser utilizada como um enxerto na cirurgia de revascularização miocárdica (CTM)  nos anos 70, tendo sido posteriormente abandonada. Na década de 90 a CRM usando-se a artéria radial como enxerto foi novamente retomada.”. . Introdução. . Existem algumas diferenças entre as artérias radial e mamária (torácica interna) ao serem utilizadas como enxerto no coração – a radial tem uma espessura maior em suas paredes do que a mamária, e tem uma maior reatividade vascular (espasmo) quando comparada com a mamária. O segundo problema é o grau de hiperplasia endotelial apresentada pela radial. Mesmo assim, resultados satisfatórios têm sido observados após seu implante a curto e a médio prazo.. . Somente ...

Palavras chave: radial, artéria, artéria radial, após, enxerto, mamária, resultados, ser, mediada, revascularização, médio, cirurgia revascularização, ser utilizada, dilatação mediada, cirurgia, crm, utilizada, arterial, implante, implante circulação coronariana,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



Assinantes


Esqueceu a senha?