perineal

buscar
resultado
informação buscada: perineal
total de (351) resultados
  • Ginecologia Infanto-Juvenil - 1ª. Ed. - Capítulo 36 - Vulvovaginites - Maria de Lurdes C. Magalhães; Heloísa Helena S. M. de Andrade

    Capítulo36 - Vulvovaginites Mana de Lourdes Caltabiano MagalhãesIntrodução Queixas relacionadas à vulva e à vagina são comuns em todas as idades, desde o nascimento até a senectude. A inflamação vulvovaginal é a queixa ginecológica mais comum em meninas pré púberes, sendo responsável por 40-50% das consultas às clinicas ginecológicas. Não é uma afecção grave, mas o resultado terapêutico nem sempre é satisfatório. Um estudo cuidadoso

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Retocele

    Neste artigo:. - Introdução - Avaliação da paciente - Exames complementares - Abordagem terapêutica - Conclusão - Referências. Introdução. O prolapso dos órgãos pélvicos é um distúrbio comum: apenas nos EUA, são realizadas mais de 300.00 cirurgias anualmente para correção do problema. A Retocele, um dos prolapsos mais frequente e definida como uma herniação na parede vaginal posterior, pode se manifestar na forma de sensação de pressão na pelve, dificuldade de defecação, comprometimento

    Artigo / Publicado em 2 de outubro de 2018
  • Prolapso Retal

    Neste artigo:. - Introdução - Causas de Prolapso Retal - Sintomas - Prolapso Retal Parcial - Prolapso Total ou Procidência Retal - Tratamento - Conclusão - Referências. O prolapso retal (PR) é definido como a protrusão de todas as camadas do reto pelo orifício anal. No PR parcial, apenas a mucosa é exteriorizada; já no PR completo, também chamado de procidência, todas as camadas retais estão envolvidas.. O prolapso retal é mais comum em crianças e adultos mais velhos,

    Artigo / Publicado em 22 de agosto de 2014
  • Ginecologia e Obstetrícia - Manual Para o TEGO - 1ª. Ed. - Capítulo 08 - Distopias Genitais e Fístula Genitourinária - SOGIIMG - Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia de Minas Gerais

    Sávio Costa Gonçalves. Distopias Genitais. Embora as alterações anatômicas que caracterizam as distopias genitais possam com freqüência ser encontradas conjuntamente em uma mesma paciente, elas são classificadas individualmente, como mostramos a seguir.. Uretrocele e Cistocele. Trata-se de defeito na estrutura de suporte pélvico localizada na região da chamada fáscia pubovesicocervical, levando à descida excessiva da uretra, trígono vesical e bexiga

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Estudo do uso de analgesia epidural com morfina após parto vaginal

    12 de janeiro de 2010 (Bibliomed). Pesquisadores do Canadá avaliaram se a utilização de morfina epidural após o parto vaginal seria capaz de reduzir a necessidade de analgésicos para controle da dor perineal. Este estudo randomizado, duplo-cego, placebo-controlado incluiu 228 parturientes que receberam 2,5mg de morfina por via epidural, ou salina epidural dentro de 1 hora após o parto. A maioria das mulheres era caucasiana, primípara e com mais de 30 anos de idade. A proporção de mulheres

    Clipping / Publicado em 12 de Janeiro de 2010
  • Coloproctologia - 4ª Ed. - Capítulo 19 - Incontinência Anal - Virginio C. Tosta de Souza

    José Alfredo Reis Neto. Introdução. A incapacidade de controlar adequadamente a passagem das fezes ou gases pelo canal anal gera problemas que, embora não apresentem grau elevado de morbidade ou mortalidade, acabam por acarretar perturbações sociais e morais de difícil solução.. É difícil o entendimento da incontinência ou seu estudo sem um perfeito conhecimento do mecanismo de continência.. A capacidade de percepção e individualização dos elementos

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Tópicos em Gastroenterologia - Afecções Menos Freqüentes em Gastroenterologia - Vol 16 - Parte III - Intestinos - Capítulo 21 - Câncer de reto baixo - qual a melhor abordagem? - Paulo Roberto Savassi-Rocha; Luiz Gonzaga Vaz Coelho; Luciana Dias Moretzsohn; Maria do Carmo Friche Passos;

    Fábio Lopes de Queiroz Antônio Lacerda Filho. Introdução. Nos últimos 20 anos tem sido observada melhora significativa nos resultados do tratamento cirúrgico do câncer de reto. Esta melhora deveu-se, em grande parte, à adoção de novas técnicas e à padronização da operação, bem como à indicação mais precisa da radioterapia e da quimioterapia. Isso possibilitou a obtenção de melhores índices de sobrevida e, principalmente, redução acentuada na recorrência local, para taxas menores

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Ânus Imperfurado

    BIREME/OPAS/OMS - Biblioteca Virtual em Saúde Base de dados : LILACS Pesquisa : "ANUS IMPERFURADO" [Palavras] Total de referências : 34 1/34 Id: 297324 Autor: Moncada Rodríguez, Norma; Jiménez Espinoza, Roberto; Ayon Lacayo, Alejandro. Título: Factores relacionados con la evolución de neonatos con patologías quirúrgicas Hospital Infantil "Manuel de Jesús Rivera": 1992-1996 / Factors relations with the evolution of infant, newborns with surgical pathologies in Children Hospital

    Lilacs / Publicado em 3 de abril de 2002
  • Ginecologia Clínica – Diagnóstico e Tratamento - Parte 06 - Uroginecologia - Capítulo 30 - Incontinência Urinária - Luiz Carlos Santos; Sônia Regina Figueiredo; Ana Maria Porto; Melânia Maria Amorim; Vilma Guimarães

    Artur Eduardo de Oliveira Rangel Ana Laura Ferreira. Conceito. A incontinência urinária (IU) é definida como toda perda involuntária de urina, clinicamente demonstrável, que cause problema higiênico ou social à mulher (International Continence Society – ICS). Reveste-se de fundamental importância na assistência integral à saúde da mulher, uma vez que pode promover grande desconforto higiênico, isolamento social, disfunção sexual, depressão e diminuição da qualidade de vida da mulher.

    Livro / Publicado em 27 de setembro de 2012
  • As evidências clínicas e econômicas suportam o uso de colchões de redistribuição de pressão para todos os pacientes com longa estadia

    22 de dezembro de 2011 (Bibliomed). Úlceras de pressão são comuns em muitos contextos, com resultados adversos para a saúde e elevados custos de tratamento. Pesquisadores da University of Toronto avaliaram o custo-benefício de estratégias baseadas em evidências para melhorar a prática atual de prevenção de úlceras de pressão. Foi comparada a prática atual de prevenção com as seguintes quatro estratégias de melhoria da qualidade: (1) colchões com redistribuição de pressão para todos os pacientes,

    Clipping / Publicado em 22 de dezembro de 2011

Assinantes


Esqueceu a senha?