perineal

 

Assinantes


Esqueceu a senha?

Assinantes


Esqueceu a senha?
buscar clipping de saúde
resultado
informação buscada: perineal
total de (11) resultados
  • Avaliação de dor perineal e dispareunia pós-parto

    14 de abril de 2008 (Bibliomed). Dor perineal e dispareunia pós-parto afetam 42% das mulheres nas primeiras duas semanas após o primeiro parto vaginal. Um estudo do periódico European Journal of Obstetrics & Gynecology and Reproductive Biology investigou a prevalência de dispareunia e dor perineal, utilizando escores validados de dor. Observou-se experiência de dor perineal em 92% das 254 puérperas entrevistadas, havendo resolução em 88% dos casos até o segundo mês. Um número significativamente

    Clipping / Publicado em 14 de abril de 2008
  • O uso de talco na região perineal e o risco de câncer de ovário

    10 de novembro de 2014 (Bibliomed). Estudos de caso-controle têm relatado um aumento do risco de câncer de ovário entre os usuários de talco; no entanto, o único estudo de coorte até à data não encontrou nenhuma associação, com exceção de um aumento no câncer de ovário seroso invasivo. Um recente estudo, então, avaliou o uso de talco perineal e risco de câncer de ovário. Entre 61.576 mulheres na pós-menopausa, seguidas por uma média de 12,4 anos, sem histórico de câncer ou ooforectomia

    Clipping / Publicado em 10 de novembro de 2014
  • Comparação da eficácia de supositórios de diclofenaco e indometacina na dor perineal após episiotomia ou laceração

    23 de outubro de 2009 (Bibliomed). Pesquisadores compararam a efetividade, os efeitos adversos e a satisfação das pacientes com o uso de supositórios de diclofenaco e indometacina, utilizados para aliviar a dor perineal após episiotomia ou laceração durante o parto. Participaram 200 mulheres que foram submetidas à episiotomia médio-lateral ou sofreram laceração durante o parto vaginal que foram randomizadas para receber supositório de diclofenaco ou indometacina. A dor foi registrada

    Clipping / Publicado em 23 de outubro de 2009
  • Prevendo lacerações perineais no parto

    05 de outubro de 2016 (Bibliomed). As lacerações perineais são comuns no momento do parto vaginal e podem predispor as pacientes a distúrbios do assoalho pélvico a longo prazo, tais como incontinência urinária e prolapso genital. As lesões obstétricas do esfíncter anal, que são a forma mais grave de laceração do períneo, podem resultar em rompimento do esfíncter anal e, em alguns casos, da mucosa retal durante o parto vaginal. . O objetivo de um novo estudo foi identificar fatores de risco

    Clipping / Publicado em 5 de outubro de 2016
  • Estudo do uso de analgesia epidural com morfina após parto vaginal

    12 de janeiro de 2010 (Bibliomed). Pesquisadores do Canadá avaliaram se a utilização de morfina epidural após o parto vaginal seria capaz de reduzir a necessidade de analgésicos para controle da dor perineal. Este estudo randomizado, duplo-cego, placebo-controlado incluiu 228 parturientes que receberam 2,5mg de morfina por via epidural, ou salina epidural dentro de 1 hora após o parto. A maioria das mulheres era caucasiana, primípara e com mais de 30 anos de idade. A proporção de mulheres

    Clipping / Publicado em 12 de Janeiro de 2010
  • As evidências clínicas e econômicas suportam o uso de colchões de redistribuição de pressão para todos os pacientes com longa estadia

    22 de dezembro de 2011 (Bibliomed). Úlceras de pressão são comuns em muitos contextos, com resultados adversos para a saúde e elevados custos de tratamento. Pesquisadores da University of Toronto avaliaram o custo-benefício de estratégias baseadas em evidências para melhorar a prática atual de prevenção de úlceras de pressão. Foi comparada a prática atual de prevenção com as seguintes quatro estratégias de melhoria da qualidade: (1) colchões com redistribuição de pressão para todos os pacientes,

    Clipping / Publicado em 22 de dezembro de 2011
  • Via de parto e incontinência fecal em mulheres de meia-idade

    23 de julho de 2007 (Bibliomed). No periódico Obstetrics & Gynecology, um estudo estimou os fatores de risco para incontinência fecal em uma população de mulheres de meia-idade. Os resultados mostraram prevalência de incontinência fecal de 9,5% nos últimos 12 meses. Os fatores de risco significativos foram auto-relato de depressão, ensino médio completo, sobrepeso ou obesidade pelo índice de massa corporal, cirurgia para incontinência urinária e cirurgia anal. Nenhuma variável obstétrica (paridade,

    Clipping / Publicado em 23 de julho de 2007
  • Avaliação de fatores prognósticos da gangrena de Fournier

    Clipping / Publicado em 27 de agosto de 2004
  • Emergência de MRSA clone USA300 comunitário em homossexuais masculinos

    18 de fevereiro de 2008 (Bibliomed). Infecção por Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) multidroga-resistente comunitário tem sido relatada, mas parece ser isolada. Um estudo do periódico Annals of Internal Medicine determinou a incidência do clone USA300 do MRSA multi-resistente em São Francisco e Boston (EUA) e os fatores de risco para infecção. Foram avaliados 9 hospitais e 2 clínicas. A incidência global de infecção por USA300 multi-resistente foi de 26 casos por 100.000

    Clipping / Publicado em 18 de fevereiro de 2008
  • Reavaliada a abordagem cirúrgica da estenose uretral pós-traumática

    Clipping / Publicado em 27 de agosto de 2004
< Anterior de 2 Próxima >

Assinantes


Esqueceu a senha?