Endocrinologia e Diabetes - Parte 08 – Endocrinologia Pediátrica e do Adolescente- Capítulo 61 – Diagnóstico e Tratamento do Bócio na Infância e na Adolescência

Suzane França Luiz de Lacerda Filho . Introdução. Bócio é definido como qualquer aumento do volume da tireóide, com um lobo lateral maior do que a falange distal do polegar do examinado. Este aumento poderá restringir-se a um lobo ou a toda a glândula.1,2 . O tamanho da tireóide varia com a ingestão de iodo, a idade, o peso e a estatura. Na adolescência, o bócio é encontrado em 1% a 3% das populações americana e japonesa, com predomínio no sexo feminino. Vários fatores podem acarretar bócio, porém a causa mais comum de bócio no mundo é a deficiência de iodo, também chamado de bócio endêmico. outras causas incluem tireoidites, neoplasias e distúrbios genéticos.2 Na Tabela 61.1 estão demonstrados os mecanismos de aumento de volume da tireóide.2,3 . Avaliação e Diagnóstico Diferencial do Bócio . Os exames de imagem, em especial a ultra-sonografia (uS), modificaram a abordagem das doenças tireoidianas. Atualmente, é possível demonstrar a presença de aumentos localizados da tireóide, referidos comumente como “nódulos”,....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa