Endocrinologia e Diabetes - Parte 05 – Distúrbios do Metabolismo Ósseo e Mineral – Capítulo 41 – Raquitismo e Osteomalacia

Sergio Setsuo Maeda Marise lazaretti-Castro . Introdução . O raquitismo e a osteomalacia são distúrbios em que há alteração da mineralização óssea. O raquitismo caracteriza-se por alterações que ocorrem na criança, isto é, enquanto o crescimento linear ainda está ocorrendo, e manifestações características podem ser vistas nas placas epifisárias de crescimento. A osteomalacia é a doença óssea caracterizada por defeito de mineralização, e este termo é reservado para uso em adultos. A mineralização óssea depende da concentração adequada de íons cálcio e fósforo, assim como de elementos que possibilitem sua absorção, como a vitamina D. Ambos os distúrbios decorrem de alterações que interferem com estes três elementos. . Mineralização Óssea . A composição do tecido ósseo permite que este desempenhe funções mecânicas, protetoras e homeostáticas únicas. Embora esta composição varie com a idade, a localização anatômica, a dieta e o estado de saúde, em geral, os minerais correspondem de 50% a 70% do tecido, a matriz orgânica, de 20% a 40%, a água, entre 5% e 10%, e os lipídios, >3%.1....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa