Endocrinologia e Diabetes - Parte 04 – Distúrbios das Glândulas Adrenais – Capítulo 31 – Incidentalomas Adrenais

João Guimarães Ferreira Suzan Menasce Goldman Cássio Andreoni Cláudio E. Kater . Introdução Epidemiologia . A ampla disseminação na prática clínica de modernos e sofisticados métodos diagnósticos de imagem, particularmente a ultra-sonografia (uS), a tomografia computadorizada (tC) e a ressonância magnética (RM), trouxe consigo o dilema da descoberta casual de lesões anatômicas previamente insuspeitadas, conhecidas como incidentalomas. As glândulas adrenais, em particular, são sede freqüente dos mais variados tipos de lesão, benignas ou malignas, hormonalmente ativas ou inativas (Tabela 31.1). . O manejo clínico dos incidentalomas de adrenal (Ia) tem sido objeto de grande controvérsia, devido à sua crescente incidência e às múltiplas facetas que apresentam. Diante de um paciente portador de Ia, as duas preocupações que devem nortear a investigação são: (1) excluir malignidade e (2) avaliar a possibilidade de uma lesão funcionante. . A maioria dos Ia é constituída de adenomas corticais, cuja presença em grandes séries de casos varia....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?