Endocrinologia e Diabetes - Parte 03 – Doenças da Tireóide – Capítulo 18 – Oftalmopatia de Graves

Katharina Ponto George J. Kahaly . Introdução . Oftalmopatia de Graves (oG) é uma condição autoimune da órbita, intimamente associada com o hipertireoidismo de Graves, embora cada uma destas condições possa existir sem a outra. A oftalmopatia pode anteceder, coincidir ou suceder o hipertireoidismo. A avaliação da freqüência com que ocorre a associação depende do método usado para detectar o envolvimento ocular. Com métodos sensíveis, oG subclínica pode ser demonstrada em 60% a 70% dos pacientes com hipertireoidismo, sendo clinicamente aparente e moderadamente grave em aproximadamente 10% dos casos. Os aspectos clínicos da oG variam de uma leve sensação de areia nos olhos até grave diplopia, perda da visão e proptose desfigurante. . Fisiopatologia . A patogênese da oG é mal compreendida, e os métodos disponíveis para prevenção e tratamento estão longe do ideal. A alteração patológica mais evidente na órbita é o espessamento dos músculos extra-oculares. Na maioria dos casos, a microscopia revela que as fibras musculares estão preservadas e o aumento no volume do músculo reflete....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa