Risco de demência é influenciado pela ingestão de vinho e cerveja
21 de outubro de 2002
Equipe Editorial Bibliomed

21 de Outubro de 2002 (Bibliomed). Pesquisadores liderados pelo Dr. Thomas Truelsen do Institute of Preventive Medicine em Copenhagem descobriram que indivíduos que bebem cerveja – mesmo com freqüência apenas mensal – são mais que duas vezes mais propensos do que os que não bebem a apresentar deterioração da função mental conhecida como demência após os 65 anos de idade. Ao contrário, indivíduos que bebem vinho uma vez por semana são 70% menos propensos a desenvolver demência após os 65 anos do que aqueles que não bebem vinho.

Outro achado curioso foi que...

Palavras chave: demência, não, –, ingestão, indivíduos, vinho, anos, risco, bebem, 65 anos, mais, risco demência, são, capaz, 65, efeito risco demência, demência após, após 65, propensos, estudo,

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 27 de junho de 2019
Existe relação entre fibrilação atrial e demência?
Notícia / Publicada em 22 de janeiro de 2019
Existe correlação entre fragilidade no idoso e alterações demenciais?
Notícia / Publicada em 15 de fevereiro de 2018
Sobreviventes de defeitos cardíacos congênitos podem ter maior risco de demência prematura
Notícia / Publicada em 14 de abril de 2015
Obesidade ligada à redução do risco de demência
Notícia / Publicada em 1 de outubro de 2012
Delirium é um forte fator de risco para demência nos idosos
Notícia / Publicada em 3 de outubro de 2011
A depressão no final da vida pode ser uma manifestação precoce de demência
Notícia / Publicada em 6 de novembro de 2002
Dieta rica em peixes reduz risco de demência
Notícia / Publicada em 18 de junho de 2002
Baixo colesterol HDL ligado à demência
Notícia / Publicada em 5 de fevereiro de 2002
O álcool parece prevenir a demência


Assinantes


Esqueceu a senha?