Risco de Pré-eclâmpsia é aumentado com o aumento do intervalo entre as gestações
10 de janeiro de 2002
Equipe Editorial Bibliomed

Belo Horizonte, 10 de Janeiro de 2002 (Bibliomed). Estudos já demonstraram que mulheres que apresentam pré-eclâmpsia em uma gestação apresentam risco mais baixo de recorrência desta condição em gestações posteriores. Porém, um intervalo excessivo, de 10 anos ou mais, entre as gestações pode retornar o risco aos índices anteriores, este foi o resultado de um estudo publicado em janeiro do The New England Journal of Medicine.

O pré-eclâmpsia afeta 3 a 5% das gestantes, e é potencialmente fatal. O estudo demonstra que um intervalo prolongado entre as gestações...

Palavras chave: risco, gestações, mais, intervalo, mulheres, pré-eclâmpsia, gestação, parceiro, é, segunda, primeira, primeira gestação, têm, 10, estudo, filhos, 10 anos, intervalo tempo, mudança parceiro, gestações mais triplicado,

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 2 de janeiro de 2019
Novas orientações acerca do manejo da hipertensão gestacional e da pré-eclâmpsia são publicadas
Notícia / Publicada em 9 de dezembro de 2013
Estresse psicossocial e hipertensão como fatores de risco para pré-eclâmpsia
Notícia / Publicada em 23 de setembro de 2013
Vitamina D, hiperparatireoidismo secundário e pré-eclâmpsia: uma relação
Notícia / Publicada em 5 de agosto de 2008
Tabagismo passivo e fatores angiogênicos na gestação e pré-eclâmpsia
Notícia / Publicada em 15 de julho de 2002
Vitamina C reduz risco de pré-eclâmpsia
Notícia / Publicada em 10 de junho de 2002
Sulfato de magnésio previne pré-eclâmpsia
Notícia / Publicada em 24 de maio de 2002
Aspirina à noite reduz pressão arterial
Notícia / Publicada em 8 de março de 2002
Fertilização in vitro ligada a complicações gestacionais
Notícia / Publicada em 25 de julho de 2000
A Deficiência de Riboflavina Como Possível Fator de Risco Para Pré-Eclâmpsia


Assinantes


Esqueceu a senha?