Estudo japonês indica que a psoríase está ligada a um maior IMC e baixa ingestão de carne
06 de novembro de 2019
Equipe Editorial Bibliomed

06 de novembro de 2019 (Bibliomed). A psoríase é caracterizada pela imunidade anormal das células do auxiliar T 17 - dominantes e hiperproliferação e diferenciação anormal de queratinócitos epidérmicos. Alguns pacientes estão associados à artrite. Os hábitos alimentares podem modificar a patogênese da psoríase. Estudos anteriores em países ocidentais mostraram maiores índices de massa corporal, maior ingestão de gordura e menor ingestão de peixe ou legumes em pacientes com psoríase, em comparação com os grupos...

Palavras chave: Dermatologia, psoríase, carne, IMC elevado, hábitos alimentares.

Copyright © 2019 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 8 de julho de 2019
Primeiro ano na universidade está associado a maior peso corporal, composição corporal e mudanças dietéticas adversas
Notícia / Publicada em 6 de maio de 2019
O peso corporal contribui para o risco de psoríase?
Notícia / Publicada em 23 de janeiro de 2017
Carnes grelhadas, defumadas podem aumentar o risco de mortalidade após um câncer de mama
Notícia / Publicada em 4 de agosto de 2016
Academia Americana de Dermatologia alerta para os riscos da psoríase
Notícia / Publicada em 18 de novembro de 2015
Fazer refeições com a família melhora a saúde cardiovascular em adolescentes
Notícia / Publicada em 24 de março de 2010
Padrões dietéticos e risco de diabetes
Notícia / Publicada em 6 de junho de 2003
Obesidade infantil no Brasil preocupa especialistas
Notícia / Publicada em 16 de julho de 2002
Dieta saudável ligada a menor risco de câncer de boca
Notícia / Publicada em 22 de março de 2002
Vitamina reduz incidência de câncer de cólon


Assinantes


Esqueceu a senha?