Uma atualização sobre o tratamento da paralisia do plexo braquial neonatal - substituindo antigos paradigmas - JAMA Pediatr. 2018;172(6):585-591.

Brandon W. Smith, MD; Alecia K. Daunter, MD; Lynda J.-S. Yang, MD, PhD; et al

Importância: A paralisia neonatal do plexo braquial (NBPP) pode resultar em déficits persistentes para aqueles que a desenvolvem. Avanços na técnica cirúrgica resultaram na disponibilidade de opções seguras e confiáveis ​​para o tratamento. Os paradigmas predominantes incluem: “toda a paralisia do plexo braquial neonatal se recupera”, “espere um ano para verificar se a recuperação ocorre” e “não mova o braço”. A prática por esses princípios coloca esses pacientes em desvantagem. Assim, a importância desta revisão é fornecer uma atualização sobre a abordagem da NBPP para substituir crenças antigas por novos paradigmas.

Observações: As alterações no músculo desnervado começam no momento...

Palavras chave: Pediatria, paralisia neonatal do plexo braquial, músculo, desnervado, recém-nascidos, crianças.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa