perioperatorio

buscar

resultado

informação buscada: perioperatório
total de (186) resultados
  • É necessário monitorar troponinas cardíacas em pacientes de risco após cirurgia

    02 de maio de 2011 (Bibliomed). A cada ano, milhões de pacientes em todo o mundo têm um infarto do miocárdio (IAM) perioperatório durante cirurgia não cardíaca. Um estudo realizado na University of Melbourne analisou as características e os resultados em curto prazo do IAM perioperatório. 8351 pacientes foram incluídos no estudo. Em 30 dias após a cirurgia, 415 pacientes (5,0%) tiveram um IAM perioperatório. A maioria dos infartos do miocárdio (74,1%) ocorreu dentro de 48 horas da cirurgia,

    Clipping / Publicado em 2 de maio de 2011
  • Condutas em Cardiologia - Parte I - Cardiologia na Prática Diária - Capítulo 15 - Avaliação Perioperatória em Cirurgia Não-cardíaca - Creso Abreu Falcão, Antonio Trindade Henriques Neto, Heitor Maurício Medeiros Filho, Alberto Lopes Nicodemus, Jeronimo Moscoso II

    Creso Abreu Falcão Emiliano Siqueira Leal Roberto Nery Dantas Júnior. Introdução . O infarto agudo do miocárdio (IAM) é a maior causa de mortalidade por complicação cardíaca no perioperatório, tornando a avaliação perioperatória imprescindível para o cuidado cirúrgico completo. O principal objetivo da avaliação perioperatória é a identificação de variáveis que se possam constituir em risco de complicações cardíacas. . No Brasil, a cada ano, são realizadas mais de 2,8 milhões de

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Manejo perioperatório de pacientes em uso de clopidogrel e submetidos a grandes ressecções pulmonares - The Annals of Thoracic Surgery 2011; 92:1971-6.

    Contexto: O manejo de pacientes que necessitam de terapia antiplaquetária com clopidogrel e de ressecção pulmonar de maior tamanho deve considerar os riscos de sangramento e de eventos cardiovasculares. Nós revisamos nossa experiência com pacientes tratados com clopidogrel no perioperatório para examinar os desfechos, incluindo os resultados de uma nova estratégia para pacientes de alto risco.. Métodos: Pacientes que foram submetidos a ressecção pulmonar de grande tamanho e que receberam clopidogrel

    Literatura médica / Publicado em 9 de junho de 2012
  • Cirurgia Geriátrica - 1ª Ed. - Capítulo 10 - Aspectos Cardiológicos do Paciente Idoso - Andy Pretoianu; Luiz Gonzaga Pimenta

    Maria da Consolação Vieira Moreira. I. Introdução. A população idosa vem crescendo a uma taxa sem precedentes. Estima-se que, no ano 2030, 22% da população mundial terão 65 anos de idade ou mais.1 Além disso, o número de indivíduos nesta faixa etária está crescendo mais rapidamente do que nos outros segmentos da população. Portanto, a atenção à saúde do idoso é de extrema importância, se considerarmos a magnitude desse segmento da sociedade em franca

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Uso incorreto de medicação por pacientes com doença arterial periférica

    05 de maio de 2009 (Bibliomed). Pacientes com doença arterial periférica (DAP) constituem uma população de alto risco. A terapia medicamentosa recomendada pelos protocolos tem extrema importância. Um estudo publicado no periódico Circulation: Cardiovascular Quality and Outcomes investigou os padrões de uso das medicações recomendadas por protocolos em pacientes com DAP. Pesquisadores da Holanda avaliaram 711 pacientes com DAP, no momento da cirurgia e após 3 anos de acompanhamento. No período

    Clipping / Publicado em 5 de maio de 2009
  • O uso perioperatório de aminoglicosídeos em adultos submetidos à cirurgia cardíaca foi associado com aumento do risco de diálise no pós-operatório

    06 de setembro de 2011 (Bibliomed). O tratamento com aminoglicosídeos tem sido associado com efeitos nefrotóxicos. No entanto, o efeito do tratamento perioperatório com aminoglicosídeos sobre o risco de diálise renal aguda entre os pacientes submetidos à cirurgia cardíaca permanece incerto. Foram analisados os dados de 3.625 pacientes consecutivos submetidos à cirurgia cardíaca na Universidade de Aarhus. Pacientes que necessitaram de diálise pré-operatória foram excluídos, deixando um total

    Clipping / Publicado em 6 de setembro de 2011
  • O uso de beta-bloqueadores no peroperatório e a morbimortalidade cardiovascular em pacientes submetidos a grandes cirurgias não cardíacas

    24 de maio de 2013 (Bibliomed). A eficácia do uso perioperatório de β-bloqueadores em pacientes submetidos à cirurgia não cardíaca permanece controverso. Devido a isso, um estudo foi realizado para tentar determinar a associação da exposição precoce no perioperatório à β-bloqueadores com a evolução pós-operatória em 30 dias, em pacientes submetidos à cirurgia não cardíaca. Tratou-se de uma análise de coorte retrospectiva que avaliou a exposição ao β-bloqueador no dia ou após

    Notícias / Publicado em 20 de maio de 2013
  • Estatinas são benéficas no perioperatório de cirurgia cardíaca, independentemente do nível de lipídios

    13 de dezembro de 2010 (Bibliomed).  As estatinas podem ter efeitos pleiotrópicos independentes de sua capacidade de reduzir os níveis lipídicos. Dados recentes sugerem que as estatinas podem melhorar a sobrevida precoce e os resultados cardiovasculares após cirurgia de revascularização do miocárdio. . A eficácia da terapia com estatinas em pacientes normolipidêmicos após cirurgia cardíaca é ainda incerta. Um estudo da Northwestern University Feinberg School of Medicine avaliou

    Notícias / Publicado em 13 de dezembro de 2010
  • Não há evidência de benefícios do uso rotineiro de antibióticos em paciente submetidos à amigdalectomia

    22 de julho de 2010 (Bibliomed). Amigdalectomia continua a ser um dos procedimentos cirúrgicos mais comuns realizados em crianças e adultos. Apesar da melhoria das técnicas cirúrgicas e anestésicas, a morbidade pós-operatória, principalmente a dor, permanece um problema clínico significativo. A infecção bacteriana da fossa tonsilar no pós-operatório tem sido proposta como um importante fator causador de dor e morbidade, e alguns estudos têm demonstrado uma redução na morbidade após a

    Clipping / Publicado em 22 de julho de 2010
  • Uso de ISRS no perioperatório e riscos durante a cirurgia

    18 de julho de 2013 (Bibliomed). Estudos têm descrito uma associação entre o uso de inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS) e os resultados adversos na cirurgia. Assim, um estudo foi realizado para determinar se o uso perioperatório de ISRS está associado com resultados adversos da cirurgia. Tratou-se de um estudo retrospectivo de pacientes com 18 anos ou mais que realizaram cirurgia de grande porte a partir de 1 de janeiro de 2006 até 31 de dezembro de 2008, em 375 hospitais

    Clipping / Publicado em 17 de julho de 2013
< anterior de 19 próxima >
© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa