cardiopatia

buscar

resultado

informação buscada: cardiopatia
total de (708) resultados
  • Preditores de mortalidade em pacientes com doença cardíaca não-isquêmica em uso de cardioversor-desfibrilador implantável

    05 de setembro de 2008 (Bibliomed). Terapia com cardioversor-desfibrilador implantável (CDI) pode reduzir o risco de morte em pacientes com cardiopatia não-isquêmica (CNI). O periódico Europace traz um estudo que investigou o benefício em longo prazo do uso de CDI em pacientes com cardiopatia dilatada ou outras CNIs. A sobrevida em 1, 2, 5 e 10 anos foi de 91, 87, 78 e 65%, respectivamente. O risco de mortalidade não diferiu significativamente entre pacientes com cardiopatia dilatada ou outras

    Clipping / Publicado em 5 de setembro de 2008
  • Glicemia perioperatória e desfechos após cirurgia de cardiopatia congênita complexa

    08 de dezembro de 2008 (Bibliomed). Uma publicação recente da revista Circulation examinou associações entre glicemia perioperatória, hospitalização prolongada e eventos mórbidos após cirurgia de cardiopatia congênita complexa. A glicemia foi monitorizada no intra-operatório e após 72 horas da cirurgia em 378 pacientes de alto risco submetidos à cirurgia cardíaca. No intra-operatório, uma glicose mínima <75 mg/dL se associou a maior risco de alcançar o desfecho final de morbidade e mortalidade,

    Clipping / Publicado em 8 de dezembro de 2008
  • Manual de Urgências em Pronto Socorro - Parte 02 - Urgências Clínicas - Capítulo 47 - Arritmias Cardíacas - Marco Túlio Baccarini Pires; Sizenando Vieira Starling

    Fernando Resende Pompeu. I. Sistema de condução do coração — Ativação do coração. Determinadas células cardíacas possuem a propriedade de gerar estímulos elétricos automaticamente. Estas células formam o sistema específico de condução do coração. O sistema é composto do nó sinusal, fascículo de Bachmann (fibras do átrio direito ao átrio esquerdo) , nó atrioventricular, tronco do feixe de His, seus ramos e fibras de Purkinje. No coração normal, o nó sinusal, com sua frequência mais

    Livro / Publicado em 18 de fevereiro de 2013
  • Hemorragia, tromboembolismo e anticoagulação na fibrilação atrial

    01 de dezembro de 2012 (Bibliomed). A fibrilação atrial valvar (FA) traz maiores riscos de tromboembolismo (TE) em pacientes. Porém, a estratificação de risco deve ser acurada para o uso apropriado de anticoagulantes orais, independente da cardiopatia. . Frente a isso, pesquisadores da Faculdade de Medicina da UFMG desenvolveram um estudo com o objetivo de avaliar a relação entre escores de sangramento, de TE e a faixa terapêutica de anticoagulação (FTA) e de pacientes com FA, sua cardiopatia

    Notícias / Publicado em 4 de dezembro de 2012
  • Médicos usam coração virtual em 3D para tratar bebês

    Clipping / Publicado em 19 de agosto de 2004
  • Cardiopatia isquêmica é tema do XV Congresso de Cardiologia do RS

    Clipping / Publicado em 28 de setembro de 2004
  • Reparo de válvula mitral beneficia crianças com cardiopatia reumática

    03 de Maio de 2005. Crianças com cardiopatia reumática podem se beneficiar da cirurgia para reparo de válvula mitral, afirmam médicos indianos na mais recente edição da revista The Journal of Thoracic and Cardiovascular Surgery. Eles estudaram a evolução do quadro clínico de quase trezentas crianças que tiveram válvulas mitrais reparadas em decorrência do seu acometimento por cardiopatia reumática. Entre os procedimentos realizados, destacaram-se a anuloplastia posterior, a comissurotomia,

    Clipping / Publicado em 3 de maio de 2005
  • Manual de Urgências em Pronto-Socorro - 8ª Edição - Capítulo 47 - Arritmias Cardíacas - Marco Tulio Baccarini Pires ; Sizenando Vieira Starling

    Fernando Resende Pompeu. I.Sistema de condução do coração — Ativação do coração. Determinadas células cardíacas possuem a propriedade de gerar estímulos elétricos automaticamente. Estas células formam o sistema específico de condução do coração. O sistema é composto do nódulo sinoatrial, feixes internodais, nódulo atrioventricular, feixe de His, seus ramos e fibras de Purkinje. No coração normal, o nódulo sinusal, com sua freqüência mais rápida, comanda o impulso cardíaco. Os outros

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Manual de Urgências em Pronto-Socorro - 6ª Edição - Capítulo 45 - Arritmias Cardíacas - Marco Túlio Baccarini Pires

    Fernando Resende Pompeu I. Sistema de Condução do Coração — Ativação do Coração Determinadas células cardíacas possuem a propriedade de gerar estímulos elétricos automaticamente. Estas células formam o sistema específico de condução do coração. O sistema é composto do nódulo sinoatrial, feixes internodais, nódulo atrioventricular, feixe de His, seus ramos e fibras de Purkinje. No coração normal, o nódulo sinusal, com sua freqüência mais rápida, comanda o impulso cardíaco. Os

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
  • Manual de Urgências em Pronto-Socorro - 7ª Edição - Capítulo 46 - Arritmias Cardíacas - Marco Túlio Baccarini Pires; Sizenando Vieira Starling

    Fernando Resende Pompeu. I. Sistema de condução do coração — Ativação do coração. Determinadas células cardíacas possuem a propriedade de gerar estímulos elétricos automaticamente. Estas células formam o sistema específico de condução do coração. O sistema é composto do nódulo sinoatrial, feixes internodais, nódulo atrioventricular, feixe de His, seus ramos e fibras de Purkinje. No coração normal, o nódulo sinusal, com sua freqüência mais rápida, comanda o impulso cardíaco. Os outros

    Livro / Publicado em 13 de julho de 2010
< anterior de 71 próxima >
© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa