Mulheres e crianças vítimas de violência terão tratamento obrigatório do SUS

25 de setembro de 2003
Equipe Editorial Bibliomed

25 de Setembro de 2003. Mulheres e crianças vítimas de violência terão, a partir de agora, tratamento hospitalar obrigatório nas unidades públicas e privadas ligadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), no Rio de Janeiro. É o que determina a lei estadual 4.158, publicada hoje no Diário Oficial do Estado.

O atendimento obrigatório compreende diagnóstico e tratamento de lesões físicas, amparo psicológico, encaminhamento das vítimas para delegacias especializadas para comprovação da violência (física e sexual) e coleta de material para...

Palavras chave: violência, tratamento, vítimas, obrigatório, mulheres, crianças vítimas, vítimas violência, vítimas violência terão, terão, mulheres crianças, violência terão, sus, atendimento, físi

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Clipping / Publicado em 16 de fevereiro de 2006
Número de pacientes atendidos nos ambulatórios de atenção primária aumenta
Clipping / Publicado em 23 de dezembro de 2005
Tuberculose em indígenas tem taxa 10 a 15 vezes maior
Clipping / Publicado em 27 de maio de 2005
Governo da Índia diz que casos de Aids despencaram
Clipping / Publicado em 3 de maio de 2005
Gordura na meia-idade aumenta risco de demência, diz pesquisa
Clipping / Publicado em 29 de novembro de 2004
Estudo revê métodos para avaliação do dissincronismo sistólico na insuficiência cardíaca
Clipping / Publicado em 10 de dezembro de 2003
Colesterol alto: o que fazer?
Clipping / Publicado em 20 de outubro de 2003
'Coquetel anti-Aids dá sobrevida de dez anos'
Clipping / Publicado em 17 de setembro de 2003
Ressaca feminina é pior que masculina, diz pesquisa
Clipping / Publicado em 11 de julho de 2003
Pesquisadores buscam solução para alergia a amendoim
Clipping / Publicado em 27 de fevereiro de 2003
Crianças nascidas durante a noite sob maior risco de morte neonatal


Assinantes


Esqueceu a senha?