Arritmias Cardíacas - Capítulo 10  - Pró-arritmias Provocadas por Agentes Antiarrítmicos

DEFINIÇÃO DE PRÓ-ARRITMIA. . Vários tipos de pró-arritmias já foram identificados e encontram-se enumerados na Tabela 10.1. A questão de maior importância envolvendo a definição de pró-arritmia tem a ver com a distinção entre a arritmia que é provocada por efeito medicamentoso e a arritmia que ocorre espontaneamente, secundária à variabilidade de sua freqüência ou ocorrência. O desenvolvimento de nova arritmia, resultante da utilização de agente antiarrítmico, é exemplo claro de pró-arritmia (Fig. 10.1). No entanto, o efeito pró-arritmogênico que se manifesta através de mudança na freqüência, duração, velocidade e estabilidade de uma arritmia preexistente é mais difícil de ser definido, já que freqüentemente não se pode ter certeza se tal mudança faz parte da história natural da arritmia em si, se é secundária à variabilidade naturalmente existente ou se representa efeito farmacológico adverso.. . Chama-se pró-arritmia a alteração significativa na arritmia preexistente que ocorre em relação temporal direta ao início do tratamento medicamentoso ou a modificações na dose do medicamento....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa