Arritmias Cardíacas - Capítulo 06 - Betabloqueadores

Os agentes betabloqueadores têm eficácia terapêutica demonstrada no tratamento de pacientes com hipertensão arterial, angina pectoris e arritmias cardíacas. Alguns agentes betabloqueadores comprovadamente também reduzem o risco de mortalidade e morte súbita em pacientes que sobreviveram a infarto agudo do miocárdio. . . FARMACOLOGIA DOS AGENTES BETABLOQUEADORES. . Os betabloqueadores atuam como antagonistas competitivos das catecolaminas nos receptores beta-adrenérgicos. Eles produzem redução do efeito do agonista catecolaminérgico em tecido sensível. Na presença do betabloqueador, a curva dose-resposta do agente agonista é desviada para a direita, ou seja, torna-se necessária maior concentração do agonista para produzir a mesma resposta.. . A estrutura química da maioria dos agentes betabloqueadores apresenta diversas características em comum com o agonista isoproterenol. A maior parte dos betabloqueadores existe como pares opticamente isoméricos e é comercializada sob a forma de mistura racêmica. Quase toda a atividade betabloqueadora encontra-se no estereoisômero levógiro negativo (-), que pode ser até cem vezes mais ativo do que o isômero dextrógiro positivo (+).. . Os....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa