É seguro retardar a apendicectomia em adultos com apendicite aguda? - Annals of Surgery 2006; 244(5):656-60.

A apendicectomia de emergência tem sido empregada como procedimento padrão na apendicite aguda (AA) devido ao risco de progressão para formas patológicas graves. Essa prática regida pelo tempo vem sendo questionada em estudos mais recentes realizados com pacientes pediátricos, sugerindo que a AA pode ser abordada de maneira eletiva, desde que seja iniciada antibioticoterapia adequada. Não existem dados sobre essa abordagem em adultos. Para avaliar se a cirurgia eletiva, em adultos com AA, é segura, pela correlação entre o intervalo desde início dos sintomas até a intervenção com o grau de alteração patológica e a incidência de complicações pós-operatórias, Michael Ditillo e colaboradores realizaram estudo publicado recentemente.

Foram revisados retrospectivamente os dados de 1.081 pacientes que foram submetidos a apendicectomia,...

Palavras chave: risco, é, mais, aa, intervalo, adultos, apendicectomia, à, dados, horas, avançadas, 71 horas, 71, inferior, patológicas, pós-operatórias, alterações patológicas avançadas, inferior 12, alterações patológicas, patológicas avançadas,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='É seguro retardar a apendicectomia em adultos com apendicite aguda? - Annals of Surgery 2006; 244(5):656-60. risco, é, mais, aa, intervalo, adultos, apendicectomia, à, dados, horas, avançadas, 71 horas, 71, inferior, patológicas, pós-operatórias, alterações patológicas avançadas, inferior 12, alterações patológicas, patológicas avançadas, ',@type='ARTICLE', @libdocidant=0, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?