Abordagem da Fibrilação Atrial em Pacientes com Insuficiência Cardíaca

Equipe Editorial Bibliomed

© Equipe Editorial Bibliomed. Neste Artigo:. - Introdução - Controle de Ritmo vs Controle de Frequência - Estratégias de Controle do Ritmo - Estratégias de Controle da Frequência - Terapia de Ressincronização Cardíaca - Referências Bibliográficas. Introdução. A fibrilação atrial (FA) é uma disritmia cardíaca comumente diagnosticada em pacientes com insuficiência cardíaca (IC), estando associada a significativo impacto no prognóstico desses pacientes. Quando se observa a população geral de pacientes com IC, aqueles que cursam com FA apresentam pior classificação funcional, menor tolerância ao esforço, pior qualidade de vida e prognóstico menos favorável.. De acordo com a literatura disponível, sabe-se que a prevalência de FA em pacientes com IC é da ordem de 30% a 40%, e essa variação deve-se, pelo menos em parte, à relação íntima entre a disritmia e a IC dos pontos de vista fisiopatológico e de prognóstico. De fato, quanto mais avançada a classificação ...

Palavras chave: fibrilação atrial, arritmia, insuficiência cardiaca, terapia de ressincronização cardíaca, TRC, controle do ritmo, ritmo sinusal, ablação do nó atrioventricular, hipertireoidismo, distúrbios eletrolít

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Abordagem da Fibrilação Atrial em Pacientes com Insuficiência Cardíaca fibrilação atrial, arritmia, insuficiência cardiaca, terapia de ressincronização cardíaca, TRC, controle do ritmo, ritmo sinusal, ablação do nó atrioventricular, hipertireoidismo, distúrbios eletrolít',@type='ARTICLE', @libdocidant=17009, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?