Apnéia da prematuridade

Equipe Editorial Bibliomed

Equipe Editorial Bibliomed. Neste artigo:. - Introdução. - Exame do Paciente. - Exames Complementares. - Tratamento. - Conclusão. - Referências Bibliográficas. "O feto apresenta movimentos respiratórios intermitentes desde o princípio da gravidez, ainda que o propósito deste fenômeno seja desconhecido. O mecanismo que causa a transição da respiração fetal intermitente para a respiração contínua no período neonatal também é desconhecido. Todos os bebês prematuros – assim como a maioria daqueles nascidos a termo – apresentam apnéia, definida como pausas no seu padrão respiratório. Na maioria dos casos, esta apnéia é breve o bastante para não causar repercussões fisiológicas".. Introdução. A Apnéia da Prematuridade (ADP) é o problema mais comum em bebês prematuros. Estima-se que 25% dos bebês nascidos vivos com peso inferior a 2.500 g e 84% daqueles com peso inferior a 1.500 g apresentam episódios de apnéia necessitando intervenção farmacológica e/ou suporte ventilatório. Acredita-se que a fisiopatologia do distúrbio esteja relacionada ...

Palavras chave: apnéia, é, mais, segundos, adp, respiratório, respiração, definida, a, apnéia, à, é definida, bebês prematuros, prematuridade, termo, inferior, bebês, respiração periódica é, gestação a, peso inferior,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Search_LibdocFree @SearchWordsAux='Apnéia da prematuridade apnéia, é, mais, segundos, adp, respiratório, respiração, definida, a, apnéia, à, é definida, bebês prematuros, prematuridade, termo, inferior, bebês, respiração periódica é, gestação a, peso inferior, ',@type='ARTICLE', @libdocidant=14936, @max_rows=10, @key_rank=0


Assinantes


Esqueceu a senha?