Doenças Venosas - Capítulo 19 - Úlcera venosa: diagnóstico

Manifestações clínicas da úlcera venosa. História. O desenvolvimento das úlceras da perna pode ser lento ou rápido. O paciente costuma lembrar-se de que uma área da pele tornou-se espessa e escura e, em seguida, sem qualquer razão aparente, começou a formar bolhas ou exsudar, antes de transformar-se rapidamente numa ferida aberta. Os traumatismos freqüentemente são o fator desencadeante, nos casos em que as úlceras aparecem de forma repentina. O carrinho do supermercado, um choque ou chute acidental, ou um arranhão ou uma raspadura insignificante podem ser a causa da perda de continuidade da pele, que se transforma numa úlcera. Esses pacientes costumam referir que já tinham as varizes antes que surgisse a úlcera e podem lembrar de um episódio pregresso de trombose venosa profunda.. A associação entre dor e úlcera é bastante conhecida, mas não ajuda a diferenciar a etiologia da lesão, a menos que haja história inequívoca de dor isquêmica persistente, em repouso, no pé. Algumas úlceras pequenas são muito dolorosas, enquanto que algumas lesões grandes são indolores, embora o contrário também seja verdadeiro.....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 25 de setembro de 2018

Patogênese da osteonecrose da cabeça femoral

Artigo / Publicado em 9 de agosto de 2012

Respostas cardiovasculares a estressores fisiológicos

Artigo / Publicado em 22 de novembro de 2016

Trombose Venosa Profunda: os critérios de Wells

Notícia / Publicada em 27 de janeiro de 2014

Diferenças por gênero no risco de trombose venosa

Notícia / Publicada em 30 de setembro de 2013

Compressão pneumática intermitente é útil na prevenção do tromboembolismo

Notícia / Publicada em 22 de abril de 2013

Mulheres tabagistas tem maior risco de trombose venosa profunda

Notícia / Publicada em 25 de novembro de 2012

Aspirina pode evitar recorrência do tromboembolismo venoso

Notícia / Publicada em 13 de outubro de 2011

Tratamento clínico especializado ajuda a prevenir o agravamento da Insuficiência Venosa Crônica Severa Pós-Trombótica

Notícia / Publicada em 6 de abril de 2010

Risco de TVP é baixo após ultrassom negativo

Notícia / Publicada em 24 de dezembro de 2003

Um por cento dos passageiros de aviões desenvolve trombose venosa profunda



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa