Heparina pode induzir reações cutâneas em grávidas

22 de julho de 2013
Equipe Editorial Bibliomed

22 de julho de 2013 (Bibliomed). Entre os efeitos adversos mais frequentes do tratamento com heparina subcutânea, lesões de pele induzida podem ocorrer com uma incidência de 10,3% em pacientes do sexo feminino não grávidas. As observações clínicas sugerem um risco ainda maior durante a gravidez. Um atual estudo buscou determinar a incidência e causas de reações cutâneas induzidas pela heparina durante a gravidez, em um estudo de coorte prospectivo. As mulheres grávidas com tratamento com heparina...

Palavras chave: alergologia, ginecologia e obstetrícia, anticoagulação, heparina, lesões de pele, hipersensibilidade.

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa