Ooforectomia bilateral aumenta a mortalidade das mulheres com menos de 50 anos
25 de abril de 2013
Equipe Editorial Bibliomed

25 de abril de 2013 (Bibliomed). Um estudo de coorte prospectivo relatou a mortalidade a longo prazo após a ooforectomia bilateral (n = 16.914) ou a conservação do ovário (n = 13.203) no momento da histerectomia em subgrupos de mulheres com base na idade no momento da cirurgia, uso de terapia de estrogênio, presença de fatores de risco para doença arterial coronariana e duração do acompanhamento. Durante mais de 28 anos de acompanhamento, 16,8% das mulheres com histerectomia e ooforectomia bilateral morreram por todas as causas em comparação com 13,3%...

Palavras chave: ginecologia, obstetrícia, ooforectomia, sobrevida, reposição hormonal, estrogênio, doença cardíaca coronária, coronariopatia

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?