Diabéticos tipo 2 têm mais chances de apresentarem esôfago de Barrett
22 de outubro de 2012
Equipe Editorial Bibliomed

22 de outubro de 2012 (Bibliomed). Pessoas com diabetes tipo 2 podem ter risco aumentado de esôfago de Barrett, independente de outro fatores de risco, como tabagismo, consumo de álcool, obesidade e doença do refluxo gastroesofágico. A constatação é de pesquisa apresentada no American College of Gastroenterology 77th Annual Scientific Meeting and Postgraduate Course, que ocorreu em Las Vegas, EUA, de 19 a 24 de outubro.

Realizado por pesquisadores da Clinica Mayo, nos Estados Unidos, o estudo utilizou dados do United Kingdom’s...

Palavras chave: diabéticos tipo 2, esôfago de Barrett, American College of Gastroenterology 77ª Annual Scientific Meeting

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 2 de setembro de 2013
Ablação por radiofrequência reduz possibilidade de progressão para câncer em pacientes com displasia esofágica
Notícia / Publicada em 26 de outubro de 2012
Estatinas podem prevenir câncer de esôfago
Notícia / Publicada em 26 de outubro de 2012
Bypass gástrico laparoscópico
Notícia / Publicada em 26 de outubro de 2012
Estimulação elétrica do esôfago é um tratamento promissor
Notícia / Publicada em 26 de junho de 2010
Estudo associa hipoglicemia a maior risco de eventos cardiovasculares em diabéticos
Notícia / Publicada em 22 de janeiro de 2009
Raça, etnia, sexo e diagnóstico de esôfago de Barrett
Notícia / Publicada em 8 de outubro de 2008
Pesquisadores testam aparelho magnético para prevenção do refluxo gastroesofágico
Notícia / Publicada em 26 de abril de 2005
Esôfago de barrett em mulheres
Notícia / Publicada em 12 de setembro de 2000
O Diagnóstico de Displasia de Barrett de Alto Grau Necessita de Intervenção


Assinantes


Esqueceu a senha?