Vaginoses estão relacionadas com parto prematuro
19 de setembro de 2002
Equipe Editorial Bibliomed

19 de Setembro de 2002 (Bibliomed). Novos resultados de um estudo reafirmam a importância do diagnóstico e tratamento das vaginoses em gestantes, mostrando que mesmo infecções pouco invasivas podem aumentar a chance de parto prematuro e recém-nascido de baixo peso.

Segundo os autores, os resultados são tão convincentes que poderão dar origem a um novo programa de rastreamento entre gestantes para detecção destas infecções superficiais como prevenção destas ocorrências acima citadas na gestação.

Os pesquisadores da University of Viena verificaram...

Palavras chave: infecções, gestantes, resultados, parto, destas, pesquisadores, prematuro, infecções vaginais, parto prematuro, gestação, destas infecções, já, vaginais, menos, baixo, chance parto prematuro, prematuro recém-nascido, ser, tratadas, recém-nascido,

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 17 de dezembro de 2012
Uso da progesterona vaginal ou cerclagem cervical: como melhor prevenir o parto pré-termo?
Notícia / Publicada em 17 de março de 2011
Gestantes com sobrepeso têm baixa escolaridade e baixa condição econômica
Notícia / Publicada em 18 de novembro de 2002
Depressão pode aumentar risco de parto prematuro
Notícia / Publicada em 20 de setembro de 2002
Vaginoses estão relacionadas com parto prematuro
Notícia / Publicada em 21 de junho de 2002
Gravidez na adolescência tem maior taxa de complicação
Notícia / Publicada em 20 de junho de 2002
Drogas anti-retrovirais não aumentam risco de parto prematuro
Notícia / Publicada em 29 de maio de 2002
Asma materna pode precipitar parto prematuro
Notícia / Publicada em 4 de fevereiro de 2002
Antibióticos podem prevenir parto prematuro
Notícia / Publicada em 22 de dezembro de 2000
Exames Vaginais Simples Determinam Risco de Trabalho de Parto Prematuro


Assinantes


Esqueceu a senha?