Terapia genética pode ser imprevisível
01 de fevereiro de 2002
Equipe Editorial Bibliomed

Belo Horizonte, 01 de Fevereiro de 2002 (Bibliomed). O ramo da terapia genética sofre um golpe importante: o vírus habitualmente utilizado como vetor de genes, que se acreditava ser um vírus seguro, pode apresentar ações imprecisas e variáveis, e parece ser necessário conduzir novos estudos para identificação da forma como os vírus se inserem nos genes.

O vírus AAV (vírus adeno-associado) atualmente está sendo utilizado como vetor na administração de genes intranúcleo em estudos experimentais. Acreditava-se que o mesmo era inócuo, mas ainda assim capaz...

Palavras chave: vírus, ser, mais, genes, aav, hospedeiro, terapia, inserir, células, vetor, dna, pesquisadores, genoma, estudos, é, aav é, aav é mais, dna hospedeiro, mais provável, é mais,

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 27 de fevereiro de 2003
Vacina de DNA contra a dengue é pesquisada pela Fiocruz
Notícia / Publicada em 20 de janeiro de 2003
FDA suspende estudos com terapia gênica
Notícia / Publicada em 24 de outubro de 2002
Terapia genética é liberada, apesar de riscos
Notícia / Publicada em 22 de maio de 2002
Terapia genética combate hemofilia em cães
Notícia / Publicada em 1 de novembro de 2001
Vírus pode contribuir para a infertilidade masculina
Notícia / Publicada em 1 de março de 2001
BRASIL: Câncer em Ratos é Evitado com Terapia Genética
Notícia / Publicada em 13 de fevereiro de 2001
BRASIL: Todas as Etnias Têm Basicamente a Mesma Composição Genética
Notícia / Publicada em 5 de fevereiro de 2001
A Síntese de Interferon Beta é Suprimida Por Proteína do Influenza A
Notícia / Publicada em 29 de junho de 2000
Genoma Humano - Cientistas Anunciam Revolução no Tratamento de Doenças


Assinantes


Esqueceu a senha?