Abandonar o tabagismo reduz pouco o risco de desenvolvimento de catarata
14 de janeiro de 2002
Equipe Editorial Bibliomed

Belo Horizonte, 14 de Janeiro de 2002 (Bibliomed). Já era sabido, por estudos anteriores, que a catarata é uma doença mais comum entre tabagistas do que entre não tabagistas. Um trabalho recente publicado no American Journal of Epidemiology pelo Dr. June M Weintraub demonstra que o abandono do tabagismo, a longo prazo, reduz sutilmente o risco de desenvolvimento de catarata.

O estudo revisou o prontuário de mais de 100.000 homens e mulheres profissionais de saúde que estavam incluídos em dois grandes estudos nos EUA iniciados em 1976 e 1986. Os resultados...

Palavras chave: risco, é, catarata, desenvolvimento, tabagistas, lesões, menos, tabagismo, reduz, risco desenvolvimento, já, mais, anos, hábito, indivíduos, não, oculares causadas, 25 anos, estão expostos, catarata provavelmente é,

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 8 de julho de 2013
Controle glicêmico intensivo previne complicações do diabetes tipo 1
Notícia / Publicada em 18 de fevereiro de 2013
Interrupção do tabagismo antes dos 40 anos de idade reduz o risco de morte
Notícia / Publicada em 21 de agosto de 2002
Risco de catarata ligado à cor da íris
Notícia / Publicada em 9 de maio de 2002
Controle de peso pelo tabaco não traz benefícios à saúde
Notícia / Publicada em 24 de abril de 2002
Exercício não protege fumantes de desenvolver câncer pulmonar
Notícia / Publicada em 16 de abril de 2002
Consumo de vegetais reduz toxinas do tabaco
Notícia / Publicada em 8 de março de 2002
Tabagismo piora evolução renal de diabéticos
Notícia / Publicada em 5 de março de 2002
Tabagismo aumenta risco de bócio tireoidiano
Notícia / Publicada em 3 de janeiro de 2001
O Tabagismo Quase Triplica as Chances de Carcinoma Cutâneo de Células Escamosas


Assinantes


Esqueceu a senha?