Decisão de Bush sobre pesquisa com células-tronco decepciona cientistas

16 de agosto de 2001
Equipe Editorial Bibliomed

Belo Horizonte, 16 de Agosto de 2001 (Bibliomed). A decisão do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, sobre o investimento de verbas federais em pesquisas com células-tronco de embriões humanos frustrou os pesquisadores. Há meses, os cientistas esperavam a decisão presidencial, que foi feita na última semana, em um pronunciamento nas maiores redes de TV norte-americanas.

Bush disse que limitaria o gasto federal a estudos sobre colônias auto-sustentáveis de células-tronco já existentes. Ou seja, garantiu verbas federais para as pesquisas que empreguem...

Palavras chave: decisão, células-tronco, cientistas, pesquisas, presidente, bush, estudos, são, pesquisa, embriões, federais pesquisas, joão paulo, paulo ii, joão paulo ii, embriões humanos, papa, paulo, última, tipo, semana,

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Notícia / Publicada em 6 de julho de 2005

Pesquisas americanas com células-tronco têm progredido apesar das limitações

Notícia / Publicada em 23 de dezembro de 2003

Legislação brasileira ainda polêmica quanto à clonagem terapêutica

Notícia / Publicada em 23 de maio de 2003

Célula-tronco gera óvulo fora do corpo de fêmea de camundongo

Notícia / Publicada em 2 de outubro de 2001

Grupos católicos criticam posição dos médicos da mesma religião

Notícia / Publicada em 24 de agosto de 2001

Ministro alemão defende engenharia genética para fins terapêuticos

Notícia / Publicada em 23 de julho de 2001

Pesquisas com células de embriões são questionadas nos EUA

Notícia / Publicada em 16 de abril de 2001

EUA ameaçam retirar contraceptivos do programa de previdência

Notícia / Publicada em 26 de janeiro de 2001

BRASIL: Clonagem Humana é Aprovada na Grã-Bretanha

Notícia / Publicada em 4 de julho de 2000

Padre Contraria Vaticano e Defende o Uso da Camisinha



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa