Crianças não conseguem diferenciar armas de fogo verdadeiras das armas de brinquedo
13 de novembro de 2018
Equipe Editorial Bibliomed

13 de novembro de 2018 (Bibliomed). Um novo estudo descobriu que a maioria dos pais e cuidadores, incluindo os proprietários de armas de fogo, disseram que estavam confiantes de que seus filhos poderiam distinguir uma arma real de uma arma de brinquedo. As próprias crianças também disseram que achavam que podiam reconhecer a diferença. Mas quando são mostradas fotos lado a lado de armas de fogo reais e falsas (brinquedo), apenas 41% das crianças entre sete e 17 anos de idade identificaram os dois corretamente.

Palavras chave: Hotlines, Congressos Virtuais, Bibliomed, American Academy of Pediatrics Annual Meeting, AAP 2018.

Copyright © 2018 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Notícia / Publicada em 8 de novembro de 2018
Crianças não realizam atividades físicas na quantidade recomendada
Notícia / Publicada em 8 de novembro de 2018
Obesidade tem efeito negativo no bem estar das crianças
Notícia / Publicada em 8 de novembro de 2018
Pais guardam restos de antibióticos não usados para usos futuros
Notícia / Publicada em 18 de setembro de 2018
Mortalidade global por armas de fogo: 1990-2016
Notícia / Publicada em 11 de julho de 2018
Academia Americana de Pediatria é contrária à comercialização de fogos de artifício
Notícia / Publicada em 16 de novembro de 2016
Novas recomendações sobre sono para prevenção da Síndrome da Morte Súbita Infantil
Notícia / Publicada em 16 de novembro de 2016
Mídia pode intensificar casos de suicídio entre jovens
Notícia / Publicada em 17 de fevereiro de 2014
Lesões por armas de fogo entre crianças e adolescentes não são incomuns nos Estados Unidos
Notícia / Publicada em 10 de maio de 2013
Quase 20% dos adolescentes suicidas vivem em casas com armas


Assinantes


Esqueceu a senha?