Ressonância magnética cardiovascular pode detectar complicações relacionadas à ablação em pacientes com fibrilação atrial persistente
01 de fevereiro de 2017
Equipe Editorial Bibliomed

01 de fevereiro de 2017 (Bibliomed). A ablação por cateter (AC) e a ablação cirúrgica toracoscópica minimamente invasiva e assistida por vídeo (SA) podem ser usadas no tratamento da fibrilação atrial (FA) refratária. O estudo randomizado FAST, apresentado no 20th Annual Society for Cardiovascular Magnetic Resonance (Scmr) Scientific Sessions, que ocorreu de 01 a 04 de fevereiro de 2017, em Washington D.C, Estados Unidos, mostrou que o tratamento cirúrgico toracoscópico (SA), quando comparado...

Palavras chave:

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?