Exame de ressonância magnética aumenta a precisão diagnóstica de anormalidades cerebrais fetais
03 de janeiro de 2017
Equipe Editorial Bibliomed

03 de janeiro de 2017 (Bibliomed). O exame de ressonância magnética de acompanhamento (RM) após um ultrtassom realizado na metade da gestação poderia ajudar a melhorar o diagnóstico de possíveis anormalidades do cérebro fetal, de acordo com um estudo publicado online em dezembro de 2016 na revista The Lancet.

Mulheres selecionadas para este estudo tinham sido submetidas a um ultrassom em 18 a 21 semanas de gravidez, exame este que detectou uma anormalidade cerebral potencial...

Palavras chave: ressonância, magnética, RM, anormalidades, cerebrais, fetais

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?