Ingesta de flavonóides e risco de doenças crônicas - American Journal of Clinical Nutrition 2002;76:560-568.

Os flavonóides são antioxidantes efetivos e podem proteger contra diversas doenças crônicas. Um estudo americano recente coordenado pelo Dr. Paul Knekt avaliou a associação entre ingesta de flavonóides e risco de doenças crônicas graves. A ingesta total de 10.054 homens e mulheres durante o ano precedendo a avaliação de base foram determinados com levantamento histórico da dieta. A ingesta de flavonóides foi estimada principalmente com base na concentração de flavonóides nas últimas refeições. Os casos de doença considerados foram identificados a partir de diferentes registros nacionais de saúde pública.

Como resultado, os indivíduos com ingestas maiores tiveram menor mortalidade por doença isquêmica cardíaca. O risco relativo (RR) entre o maior e o menor quartil foi 0.79 (IC de 95%: 0.63, 0.99: P = 0.02). A incidência de doença cerebrovascular foi menor...

Palavras chave: p =, p, =, menor, ingestas, risco, ingesta, flavonóides, crônicas, doenças crônicas, altas ingestas, doenças, doença, 064, incidência, homens, altas, risco doenças crônicas, naringenina, 006 hesperetina,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa