Estudo das carótidas por ressonância magnética de alta resolução - Stroke 2001;32:2516

O Dr. Bernard D. Coombs e colaboradores dos Departments of Radiology, Surgery, and Pathology, University of California San Francisco, San Francisco, EUA; visualizaram a composição da ateroesclerose de carótida pelo uso de ressonância magnética (RM) 3D de alta resolução com voxels de 200-µm3.

As características do sinal da ressonância magnética foram correlacionadas aos componentes da placa, que incluem a porção colágena, o núcleo necrótico, e a calcificação, para definir a resolução e outros requisitos para o futuro clinico da RM de carótida.

Vinte e uma amostras de endarterectomia carotídea foram transformados em imagem ex vivo pela RM 3D utilizando-se um scanner clínico 1.5-T com tempo de repetição, tempo de eco, e ângulo de inclinação de 40 ms, 18ms, e 20° respectivamente.

As placas foram colocadas em solução salina e transformadas...

Palavras chave: rm, necrótico, núcleo, núcleo necrótico, sinal, resolução, colágena núcleo necrótico, colágena núcleo, porção colágena, características, amostras, placa, colágena, porção, calcificação, rm 3d, ser, 3d, trombos, magnética,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados
Artigo / Publicado em 26 de junho de 2000

Sinais Tomográficos Precoces de Isquemia Cerebral

Artigo / Publicado em 11 de agosto de 2000

A Espectroscopia por Ressonância Magnética do Próton de Hidrogênio no Cérebro Humano

Artigo / Publicado em 8 de outubro de 2010

Estenose carotídea assintomática

Artigo / Publicado em 22 de outubro de 2013

Doença Carotídea Oclusiva

Artigo / Publicado em 18 de outubro de 2013

Aterosclerose, Acidente Vascular Cerebral e Fatores de Risco

Artigo / Publicado em 24 de outubro de 2016

Isquemia Mesentérica Aguda – Parte III: Tratamento

Notícia / Publicada em 19 de outubro de 2017

Correlações entre a ressonância magnética cerebral na hipotensão intracraniana

Notícia / Publicada em 24 de dezembro de 2012

Existem evidências de forte influência genética nas características das placas carotídeas

Notícia / Publicada em 25 de agosto de 2010

Ressonância magnética ajuda no diagnóstico diferencial entre neuromielite óptica e esclerose múltipla

Notícia / Publicada em 20 de maio de 2009

Lesões cerebrais vários anos após a eclampsia



Assinantes


Esqueceu a senha?