Apixaban versus enoxaparina na prevenção de tromboembolismo após artroplastia de quadril - The New England Journal of Medicine 2010; 363:2487-98.

Existem diversos esquemas para tromboprofilaxia após artroplastia de quadril. As heparinas de baixo peso molecular, como a enoxaparina, inibem predominantemente o fator Xa, mas também a trombina em algum grau. Inibidores específicos do fator Xa, administrados por via oral, como o apixaban, podem ser eficazes na profilaxia e apresentar menor risco de sangramento e maior facilidade de uso.

Nesse estudo duplo-cego, Lassen e colaboradores randomizaram 5.407 pacientes submetidos a artroplastia total de quadril para receber apixaban na dose de 2,5 mg via oral duas vezes ao dia ou enoxaparina na dose subcutânea de 40 mg a cada 24 horas. A terapia com apixaban foi iniciada 12-24 horas após o fechamento da ferida cirúrgica; a terapia com enoxaparina foi iniciada 12 horas após o fechamento. A profilaxia foi mantida por 35 dias, seguida de estudo...

Palavras chave: enoxaparina, apixaban, pacientes, após, artroplastia, grupo, risco, quadril, dose, artroplastia quadril, menor, pacientes grupo, sangramento, eficácia, horas, desfecho, journal medicine 2010;, desfecho primário, sangramento maior, submetidos,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?