Tratamento e complicações da cistite intersticial


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução - Apresentação clínica - Tratamento clínico - Tratamento intervencionista - Complicações e prognóstico - Conclusão - Referências Bibliográficas. Introdução. Uma vez que não existem critérios patológicos patognomônicos para diagnosticar e monitorizar a severidade do processo inflamatório na cistite intersticial (CI), as indicações e os objetivos do tratamento baseiam-se na intensidade dos sintomas do paciente. A avaliação da resposta ao tratamento também é complicada devido à natureza subjetiva das queixas e a ausência de marcadores séricos ou histopatológicos.. Os procedimentos cirúrgicos indicados em pacientes com CI limitam-se a cistoscopia diagnóstico-terapêutica e reconstrução das vias urinárias. A biópsia vesical deve ser realizada para avaliar a presença de carcinoma in situ e a população de mastócitos. É possível que os mastócitos estejam envolvidos na gênese da CI e sua presença no material biopsiado sugere um benefício em potencial no uso de anti-histamínicos.. As indicações de cirurgia para reconstrução ...

Palavras chave: Cistite intersticial, disúria, polaciúria, dor pélvica, hematúria, infecção urinária, ITU, vesical, hábitos vida, alopatia, paciente, reconstrução, síndrome dolorosa da bexiga.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



Assinantes


Esqueceu a senha?