Cardiomiopatia Dilatada: etiologia e quadro clínico


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução - Etiologia - Quadro clínico - Exames complementares - Referências Bibliográficas Introdução . A cardiomiopatia dilatada (CMD) é melhor entendida como a resposta comum final do miocárdio a diversos insultos genéticos e ambientais. A cardiomiopatia dilatada é caracterizada pela dilatação e contração prejudicadas de um ou ambos os ventrículos. Os pacientes afetados têm função sistólica prejudicada e podem ou não desenvolver insuficiência cardíaca (IC) evidente (por exemplo, fração de ejeção do ventrículo esquerdo <40% ou fração de encurtamento inferior a 25%). A doença é considerada idiopática se as causas primárias e secundárias de doenças cardíacas (por exemplo, miocardite e doença arterial coronariana) forem excluídas por avaliação, incluindo histórico e exame físico, exames laboratoriais, angiografia coronariana (para excluir de obstrução de uma ou mais artérias coronárias superiores a 50%), ecocardiografia e biópsia endomiocárdica quando indicado. As manifestações clínicas presentes podem incluir arritmias atriais e/ou ventriculares, e morte súbita pode ocorrer em qualquer estágio da doença.. ...

Palavras chave: Cardiomiopatia hipertrofica, dilatada, ecocardiograma, diagnóstico, etiologia, fibrose intramiocárdica, Doença de Chagas, genética.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 18 de dezembro de 2018

Miocardite Virótica

Artigo / Publicado em 31 de março de 2009

Taquicardia Ventricular

Artigo / Publicado em 26 de novembro de 2010

Cardiomiopatia Alcoólica

Artigo / Publicado em 14 de agosto de 2017

Cardiomiopatia Restritiva

Artigo / Publicado em 23 de janeiro de 2015

Cardiomiopatia Puerperal

Artigo / Publicado em 16 de janeiro de 2017

Miocardiopatia Alcoólica

Notícia / Publicada em 28 de março de 2017

Exercício moderado pode beneficiar pacientes com cardiomiopatia hipertrófica, sugere estudo

Notícia / Publicada em 8 de outubro de 2012

Analisados os resultados e as complicações após terapia com cardioversor-desfibrilador implantável para a cardiomiopatia hipertrófica

Notícia / Publicada em 4 de abril de 2011

Remodelamento reverso do ventrículo esquerdo ocorre em um terço dos pacientes que sobrevivem dois anos à cardiomiopatia dilatada idiopática

Notícia / Publicada em 13 de setembro de 2004

Preditores ecocardiográficos de eventos adversos em crianças com cardiomiopatia dilatada



Assinantes


Esqueceu a senha?