Profilaxia das Alergias Respiratórias


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução - Orientações profiláticas de eficácia comprovada - Abordagens preventivas aguardando comprovação - Conclusão - Referências. Introdução. As alergias respiratórias afetam cerca de um terço das pessoas em todo o Mundo e constituem um dos grandes problemas de Saúde Pública – apenas nos EUA, a cada ano contabilizam-se mais de 5.000 óbitos relacionados a estes distúrbios. De 12% a 16% dos pacientes atendidos em caráter de urgência sofrerão recorrência da crise alérgica nas primeiras duas semanas pós-atendimento, tornando abordagens preventivas uma das peças-chave na correta condução destes casos.. Pesquisas recentes mostraram que as alergias respiratórias afetam a 20% das pessoas. A ciência tem se esforçado para identificar a etiologia destes distúrbios através de estudos epidemiológicos dos antígenos envolvidos e análises genéticas. Até o momento, sabe-se que as doenças alérgicas caracterizam-se pela elevação dos níveis séricos de IgG e pela hipersensibilidade a um determinado antígeno.. A reação alérgica envolve dois aspectos da resposta imune: a produção de imunoglobulina E (IgE) ...

Palavras chave: Exposição, alergias respiratórias, alérgenos, mastócitos, imunoglobulina E, função pulmonar, asma.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa