Autoimplantes esplênicos


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução - Histórico - Fisiopatologia - Conclusão - Referências. Introdução. O baço apresenta inúmeras funções, incluindo a produção de imunoglobulinas e filtração sanguínea, removendo microrganismos e detritos celulares. O baço também tem relação anatômica e funcional com o fígado, mas existem poucos estudos sobre esse assunto. . A esplenectomia, realizada de modo eletivo em algumas situações, e particularmente em situações de trauma, envolve o risco de desenvolvimento da sepse pós-esplenectomia, principalmente em crianças e jovens. Existem situações nas quais, por mais que se tente preservar o baço, mesmo em mãos experientes, esse órgão acaba tendo de ser completamente retirado. Em outros casos, diante de um doente em precárias condições físicas, no qual o tempo operatório deva ser o menor possível, ou quando o cirurgião não tem intimidade com operações conservadoras do baço, ele precisa ser rapidamente removido.. Estudos experimentais em animais sugerem que o autotransplante esplênico exerce um efeito protetor após a exposição bacteriana. Assim, frente a necessidade da retirada ...

Palavras chave: Baço, tecido esplênico, trauma, literatura, implantes, auto-implantes esplênicos, drenagem venosa, alça intestinal, omento, função.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa