Diagnóstico e Tratamento dos Pólipos Colônicos


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Avaliação do paciente. - Exames complementares. - Abordagem terapêutica. - Conclusão. - Referências. Introdução. O termo pólipo é empregado para caracterizar o abaulamento da superfície mucosa gastrointestinal como resultado da proliferação da própria mucosa ou das estruturas de sustentação que se encontram abaixo da mesma. Qualquer massa que sobressai da mucosa gastrointestinal inclui-se na definição acima, independente de seu tamanho, forma e tipo histológico.. Os pólipos são projeções de crescimento lento da mucosa colônica que apresentam um pequeno risco (<1%) de malignização. Contudo, os pólipos apresentam grande prevalência na população em geral (estão presentes em 10-30% das pessoas com mais de 40 anos de idade), e podem predispor para o desenvolvimento de câncer no cólon.. Tradicionalmente, os pólipos colônicos são divididos em três grupos principais: hiperplásicos, adenomatosos e síndromes de polipose. Os tipos hiperplásicos respondem por cerca de 90% das lesões e possuem fundo benigno. Em geral, possuem menos de 0,5 cm de diâmetro e ocorrem no retossigmóide..

Palavras chave: Pólipos, polipose, colônicos, diâmetro, mucosa, colonoscopia, pacientes, menos, mucosa gastrointestinal, pólipos cronicamente sangrantes.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa