Retocele


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Avaliação da paciente. - Exames complementares. - Abordagem terapêutica. - Conclusão. - Referências. Introdução. O prolapso dos órgãos pélvicos é um distúrbio comum: apenas nos EUA, são realizadas mais de 300.00 cirurgias anualmente para correção do problema. A Retocele, um dos prolapsos mais frequente e definida como uma herniação na parede vaginal posterior, pode se manifestar na forma de sensação de pressão na pelve, dificuldade de defecação, comprometimento da sexualidade e incontinência fecal.. Os egípcios foram os primeiros a descrever o prolapso dos órgãos genitais. Hipócrates mencionava a introdução de meia romã na vagina como tratamento para o prolapso.. A Retocele resulta do enfraquecimento de ligamentos pélvico-perineais (em geral secundário a partos repetidos) e aumento crônico da pressão intra-abdominal. Em alguns casos, o problema possui fundo congênito ou hereditário.. Durante muitos anos, a colporrafia posterior foi considerada o tratamento clássico da Retocele. O procedimento consistia na plicatura do músculo pubococcígeo e a parede posterior da vagina, e ...

Palavras chave: Retocele, posterior, exame, vaginal, integridade, parede posterior, disfunção defecatória, pressão, disfunção, prolapso.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa