Ginecologia na pré-puberdade


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Perguntas que devem constar no exame clínico. - Variações normais. - Vulvovaginite. - Eritema genital. - Prurido vaginal. - Corrimento vaginal. - Sangramento vaginal. - Dor genital. - Conclusão. - Referências. Introdução. A Ginecologia Pediátrica é uma subespecialidade emergente, nascida dos esforços conjuntos de ginecologistas, pediatras e urologistas. Os problemas ginecológicos encontrados na população pediátrica são únicos e requerem o domínio de várias habilidades diferentes.. A avaliação da criança pré-púbere queixando-se de alterações ginecológicas costuma ser um processo delicado. O médico examinador deve ter um bom conhecimento da aparência normal das estruturas genitais, mantendo-se atento para todas as possíveis etiologias relacionadas à sua hipótese diagnóstica.. Algumas perguntas simples são bastante úteis para orientar o exame físico, e devem ser feitas preferencialmente para a pessoa que tem mais contato com a criança..

Palavras chave: Criança, roupas, hímen, exame, prurido, vulvovaginite, eritema, candida.

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 4 de janeiro de 2010

O Exame Ginecológico na Infância: relato de caso

Artigo / Publicado em 8 de agosto de 2016

Queixas ginecológicas na pré-puberdade

Artigo / Publicado em 23 de agosto de 2007

Vulvovaginite

Artigo / Publicado em 16 de outubro de 2009

Diabetes mellitus e alteracoes cutaneas

Notícia / Publicada em 14 de setembro de 2017

Melhoria limitada do eczema em crianças com roupas de seda

Notícia / Publicada em 30 de março de 2017

Farmacocinética, segurança e eficácia do Dupilumab para dermatite atópica em crianças

Notícia / Publicada em 9 de outubro de 2011

Diagnóstico de transtornos alimentares em crianças de baixa idade requer investigação aprofundada

Notícia / Publicada em 1 de dezembro de 2008

Exposição à radiação ultravioleta e proteção solar nas férias tropicais

Notícia / Publicada em 31 de agosto de 2007

Identificada forte relação entre vulvovaginite recorrente e atopia

Notícia / Publicada em 14 de outubro de 2002

Sensibilização ao látex é mais comum do que se pensa



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa