Síndrome Confusional Aguda no idoso


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo. - Introdução. - Características. - Apresentação clínica. - Fisiopatologia. - Fatores de risco. - Fatores etiológicos. - Avaliação diagnóstica. - Tratamento. - Conclusão. - Referências. Introdução. A síndrome confusional aguda no idoso envolve vários aspectos da medicina, como a psiquiatria, a gerontologia e a medicina interna; é uma "patologia de interseção". Suas manifestações são psiquiátricas, sendo a etiologia sempre uma causa orgânica, e na maioria das vezes não cerebral (fratura de quadril, infecção urinária, pneumonia, etc).. O diagnóstico de síndrome confusional aguda tem sido visto com facilidade, recentemente, com os trabalhos bem projetados que se tem realizado, clareando aspectos de suas etiologias mais frequentes, critérios diagnósticos e a diferenciação com outros quadros como a demência ou a psicose.. O médico generalista se encontra em uma posição ideal para coordenar a atenção deste quadro, dada a variedade de contextos e causas possíveis..

Palavras chave: Síndrome, confusional, aguda, delírio, paciente, idoso, quadro, população, midazolam, haloperidol, droperidol

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa