Desfibriladores implantáveis e a redução da mortalidade em pacientes com ICC


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Utilização. - Diferenças entre subgrupos de pacientes. - Referências. Introdução. Os desfibriladores-cardioversores implantáveis (CDIs) são dispositivos implantáveis alimentados por bateria que monitoram o ritmo cardíaco e fornecem terapia sob a forma de choque elétrico ou estimulação antitaquicardia (ATP) quando uma arritmia ventricular potencialmente fatal é detectada. Os CDIs têm sido utilizados em pacientes que sobreviveram a arritmias ventriculares sustentadas para prevenir morte súbita cardíaca (MSC). Nos últimos anos, os CDIs também foram implantados para prevenção primária (prevenção de MSC em um paciente que ainda não teve taquiarritmia ventricular sustentada, mas tem fatores de risco para isso). Os CDis também podem incluir a terapia de ressincronização cardíaca (TRC) para tratamento adicional de insuficiência cardíaca em pacientes com ventrículos com dissincronia.. Utilização. Os desfibriladores cardioversores implantáveis (CDIs) demonstraram benefício na redução da mortalidade em pacientes com insuficiência cardíaca, após infarto do miocárdio e aqueles com fração de ejeção reduzida. ...

Palavras chave: pacientes, ventricular, desfibrilador implantável, mortalidade, deficiência orgânica, prevenção morte súbita

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa