Síndrome do gêmeo desaparecido


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Manifestações clínicas. - Exames complementares. - Abordagem terapêutica. - Conclusão. - Referências bibliográficas. Introdução. A Síndrome do Gêmeo Desaparecido (SGD), descrita pela primeira vez por Stoeckel em 1945, consiste na identificação de uma gravidez multifetal com desaparecimento subsequente de um ou mais fetos. A SGD vem sendo cada vez mais diagnosticada graças ao maior acesso à ultrassonografia no princípio da gestação. . A perda de um membro de um par de gêmeos pode ser entendida simplesmente como parte da biologia altamente imperfeita da reprodução humana. A maioria das concepções humanas falham antes do nascimento. Não é diferente e não mais misteriosa para os gêmeos. Embora os mecanismos e fisiopatologia precisos sejam obscuros, o processo de desaparecimento gravidez precoce parece envolver a reabsorção e/ou formação de um ovo cego. Quando a morte fetal ocorre além do primeiro trimestre, o feto papiráceo pode desenvolver.. A Síndrome do Gêmeo Desaparecido (SGD) afeta cerca de 20-30% das gestações gemelares. Entre gestações com sacos ou embriões individuais, ~ ...

Palavras chave: Feto, gêmeo, síndrome, desaparecido, remanescente, hemorragias, gestação, complicações, infecções, ultrassonografia

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa