Tumores Traqueais


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Avaliação do paciente. - Exames complementares. - Tumores traqueais: características dos tipos mais comuns. - Abordagem terapêutica. - Detalhes pré-operatórios. - Seguimento. - Conclusão. - Referências bibliográficas. Introdução. . A primeira descrição conhecida de um tumor traqueal foi feita em 1767, por Lieutaud, durante uma necropsia. Mais tarde, em 1861, Turck utilizou a laringoscopia indireta para diagnosticar um tumor traqueal em um paciente vivo. A visualização endoscópica direta de uma neoplasia traqueal só seria realizada em 1897, por Killian.. . Os tumores primários da traqueia são bastante raros, com incidência de 0,1 caso para cada grupo de 100.000 pessoas. Cerca de 80-90% dos casos são malignos. Todos os casos relatados até o momento ocorreram em pacientes tabagistas, e 40% deles possuíam antecedente de carcinoma na orofaringe, laringe ou pulmões. A incidência é maior entre a 5ª e a 6ª décadas de vida.. . Acredita-se que os tumores malignos da traqueia sigam uma carcinogênese ...

Palavras chave: Tumores, traqueais, dispneia, vias aéreas, tumores primários, tumores traqueais, pneumonia, malignos, asma brônquica

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa