Traqueomalácia


Equipe Editorial Bibliomed

Neste artigo:. - Introdução. - Traqueomalácia: classificação. - Exame do paciente. - Exames complementares. - Tratamento. - Conclusão. - Referências bibliográficas. Introdução. . A traqueomalácia é um processo caracterizado pela flacidez no tecido cartilaginoso traqueal, distensão da parede membranosa posterior, e redução do calibre anteroposterior das vias aéreas. Estes fatores causam colapso da traqueia, especialmente nos períodos de aumento do fluxo aéreo como tosse, choro ou alimentação.. . Esta condição é uma anormalidade estrutural da cartilagem traqueal que resulta em colapso de suas paredes e obstrução das vias aéreas. Nos pacientes afetados, observa-se deficiência e/ou má-formação da cartilagem de suporte. Existem vários tipos de traqueomalácia, alguns causados por imaturidade na cartilagem traqueobrônquica, outros por processos inflamatórios, compressões extrínsecas ou neoplasias.. . A traqueomalacia congênita é a anomalia congênita mais comum da traqueia e ocorre em aproximadamente 1: 2.100 crianças. Ela pode se apresentar isoladamente ou associada a outras anomalias das vias aéreas, ...

Palavras chave: Traqueomalácia, traqueia, torácico, crônica, cistos, tipos, pacientes, aéreas, congênita

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



Assinantes


Esqueceu a senha?