Estenose carotídea assintomática


Equipe Editorial Bibliomed

© Equipe Editorial Bibliomed. Neste Artigo:. - Introdução. - Fatores Locais. - Revascularização Carotídea. - Tendências no Tratamento Intervencionista. - Terapia Clínica. - Considerações. - Referências Bibliográficas. Introdução. A estenose aterosclerótica da artéria carótida interna é responsável por uma parcela significativa dos casos de ataque isquêmico transitório (AIT) e cerca de 30% dos casos de acidente vascular encefálico isquêmico (AVEi). Os pacientes que desenvolvem tais eventos apresentam risco aumentado de recorrência ou morte, de forma que de 25% a 40% dos pacientes que tiveram um AIT ou AVEi apresentarão outro evento em cinco anos, e aproximadamente metade desses pacientes irão a óbito pela doença. Além disso, nos sobreviventes, a mortalidade por infarto do miocárdio chega a 39% em cinco anos, enfatizando a importância do reconhecimento da aterosclerose coronariana concomitante. . Estudos clínicos randomizados demonstraram a superioridade da endarterectomia sobre a terapia clínica em pacientes ...

Palavras chave: pacientes, estenose, risco, é, avei, carotídea, eventos, casos, ait, porém, tratamento, risco avei, estenose carotídea assintomática, infarto miocárdio, isquêmico transitório, estudos, são, transitório, ataque, pacientes sintomáticos,

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa