Clozapina 


Equipe Editorial Bibliomed

Marco Tulio Baccarini Pires * * Professor Adjunto - Faculdade de Medicina da UFMG; Investigador Principal do CEBIO _ Centro de Pesquisa em Biotecnologia; Diretor Médico da Bibliomed – Biblioteca Médica Virtual.. 1. Histórico(1,2,3,4). A clozapina é um fármaco antipsicótico da classe dos dibenzodiazepínicos tricíclicos. Os primeiros relatos da descoberta dos antipsicóticos remontam as décadas de 30 e 40 do século passado. Naquela época foi evidenciado que derivados da fenotiazina, um anti-helmíntico veterinário, possuíam outras ações farmacológicas. A clorpromazina demonstrou atividade sobre o sistema nervoso central de animais em estudos experimentais.. Coube aos franceses a introdução dos neurolépticos na terapia das psicoses. Em 1950, o médico cirurgião Laborit visava preparar um coquetel de drogas que protegesse os doentes dos riscos anestésicos. A teoria de que o autacóide histamina liberado durante o ato anestésico era o responsável por mortes súbitas levou-o a utilizar a prometazina, anti-histamínico já conhecido também por sua potente ação sedativa. Diante do efeito calmante diferente da simples sedação, Laborit passou a testar todos os medicamentos relacionados a prometazina. Um destes foi a clorpromazina, a qual induzia um estado de “calma beatitude”. Dessa forma, o cirurgião sugeriu a seus colegas psiquiatras o uso da clorpromazina ...

Palavras chave: clorpromazina, neurolépticos, clozapina, doentes, partir, antipsicótico, antipsicóticos, franceses, clozapina é, drogas, laborit, época, trabalhos, fármaco, é, receptores, neurolépticos atípicos exemplo, são denominadas, denominadas neurolépticos, neurolé

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados

Artigo / Publicado em 18 de outubro de 2019

Síndrome Neuroléptica Maligna

Artigo / Publicado em 13 de março de 2009

Tratamento dos Sintomas Comportamentais na Demência

Artigo / Publicado em 2 de setembro de 2013

Maleato de Levomepromazina

Artigo / Publicado em 29 de maio de 2008

Clorpromazina

Artigo / Publicado em 16 de setembro de 2014

Quetiapina

Notícia / Publicada em 5 de junho de 2015

Medicamentos antipsicóticos podem levar a aumento do peso em jovens

Notícia / Publicada em 22 de outubro de 2012

Benefícios dos antipsicóticos de primeira e segunda geração para tratamento da esquizofrenia não são claros

Notícia / Publicada em 23 de julho de 2012

Antipsicóticos durante a gravidez aumentam o risco de diabetes gestacional

Notícia / Publicada em 4 de junho de 2010

O uso de antipsicóticos é associado a um maior risco de pneumonia em idosos

Notícia / Publicada em 24 de setembro de 2008

Exposição a antipsicóticos eleva risco de AVC



Assinantes


Esqueceu a senha?